Archive for the Ratificações Category

Declaração de Etnicidade – Ratificação Unilateral Eletrônica

Posted in Lei Comum, Ratificações on 08/05/2013 by Briogáledon

Evocando à Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho, conforme se apresenta na fonte http://www.oit.org.br/node/513 e tendo em vista os seguintes trechos:

“Artigo 1 °

1. A presente convenção aplica-se:

a) aos povos tribais em países independentes, cujas condições sociais, culturais e econômicas os distingam de outros setores da coletividade nacional, e que estejam regidos, total ou parcialmente, por seus próprios costumes ou tradições ou por legislação especial;

2. A consciência de sua identidade indígena ou tribal deverá ser considerada como critério fundamental para determinar os grupos aos que se aplicam as disposições da presente Convenção.”

Declaramo-nos por meio eletronicamente verificável, e o fazemos público e decidido, que possuimos coletivamente a consciência de nossa identidade tribal sendo parcialmente regidos por nossos próprios costumes ou tradições mediante a nossa Lei Comum, as nossas Declarações, Cartas e Reivindicações, e quais outros proclames feitos por nosso blog oficial, a saber, https://briogaledon.wordpress.com, anulando-se todas as disposições do contrário.

Para fins de Esclarecimento quanto a nossa Identidade Étnica e Cultural, declaramos e aqui ratificamos unilateralmente:

  1. Somos um grupo de pessoas que se auto-identificam como  Celtas seja por descenderem de famílias ou etnias dessas origens, seja por adotarem costumes, valores culturais, ou linhas de pensamento, consideradas como pertencentes ou derivadas de identidade Celta;
  2. Declaramo-nos pelo presente portanto, que:
  • (2.1) Seguimos Costumes e Tradições Tribais das Identidades Étnicas e Culturais de base Celta, entendendo como Celtas todas as etnias, famílias, grupos religiosos, grupos culturais, povoados, comunidades autônomas e países, constituintes ou soberanos, que tenham suas origens históricas em uma ou mais tribos conforme identificadas em List of Celtic Tribes da English Wikipedia, para melhor referência Antropológica e Histórica. (2.1.a) Declaramos que reconhecemos, no momento, como Nações Celtas atuais: Astúrias (Asturies), Auvérnia (Auvergne), Bélgica, Bretanha (Breizh), Cantábria, Cornualha (Kérnow), Escócia (Alba, Albion), Gales (Cymrú), Galícia (Gallaecia, Callaecia, Galiza), Irlanda (Eire), Irlanda do Norte (Eire), Man (Mannin), Portugal, Suiça, as regiões cobertas pelo projeto Território Iberkeltia, conforme seu próprio critério, e as regiões da Antiga Galácia, conforme se fizer descrito em Galatia da English Wikipedia;  (2.1.b) Declaramos que reconhecemos como Direito Legítimo da Galícia e de Portugal, se unificarem na qualidade de nação única ou nações cooperativas, e reconhecemos Portugaliza como um nome digno;
  • (2.2) Que percebemos como iguais participantes de nossa ancestralidade, todos os povos e manifestações culturais que se agregaram e/ou miscigenaram às Tribos Celtas mencionadas no link supracitado,  dentre os quais, enfatizamos: (2.2.a) os Íberos, os Bascos, os Aquitanos, os povos da civilização Megalítica, os Ilírios, os Lígures, os Etruscos, os Amazigh (Bérbere-Tuaregues), os Etíope-Somalis, em tempos da Idade Antiga, cujos haplogrupos DNA e/ou traços culturais reconhecemos como a nossos ancestrais Celtas por vezes relacionados; (2.2.b) todos os povos quaisquer, que em qualquer época ou idade, que tendo contato com as tribos Celtas ou com etnias de Nações Celtas atuais a essas miscigenaram-se genética ou culturalmente, adotando costumes e tradições de nossos ancestrais Celtas;
  • (2.3) Declaramos como nossos valores culturais: (2.3.a) A igualdade entre homens e mulheres; (2.3.b) O respeito pelos animais de estimação, considerados como membros de nossa tribo; (2.3.c) O respeito a nossos ancestrais, seus costumes e identidades, não observadas violações às leis atuais; (2.3.d) O respeito às Leis, sempre que justas, bem como o dever em assegurá-las em seu pleno exercício; (2.3.e) A completa oposição a toda e qualquer forma de escravidão ou servilismo; (2.3.f) O respeito à Natureza e a busca por sua preservação e por um desenvolvimento social sustentável; e (2.3.g) A defesa e proteção a toda e qualquer pessoa que na condição de vulnerável, e em laços fraternos conosco, necessite de nossa ajuda e amparo.

Assim declarados, fazemos do presente declarado para nós de forma legítima, e aqui postamos em visão pública e por recurso eletronicamente verificável, esta declaração de etnicidade, e afirmamos estar ratificada entre nós, para os devidos fins.

Licença Creative Commons
O trabalho Declaração de Etnicidade – Ratificação Unilateral Eletrônica de Briogáledon foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em https://briogaledon.wordpress.com.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em https://briogaledon.wordpress.com/faleconosco/.