Archive for the Critérios Category

Critérios para Realização de Provas Técnicas

Posted in Áit an Tuath, Critérios, Lei Comum on 15/08/2013 by Briogáledon

Estabelecem-se como critérios para a Realização das Provas Técnicas de busca e diplomação de an Bata (o Cajado) e na Sleighe (a Lança), a feitura de um artigo científico de assunto livre genericamente tematizado nas seguintes competências e formato:

An Bata (o Cajado):

Tema Genérico, quaisquer desses tópicos: História, Filosofia, Antropologia, Psicologia; Biologia, Teorias de Evolução, Ecologia, Sustentabilidade; Administração, Gestão Organizacional, Gestão Institucional; História da Cidade, Urbanismo Comunitário, História do Cotidiano e da Vida Privada, História da Cultura Material; História do Imaginário, História das Religiões, Mitologias; Literatura Céltica, Literatura Medieval, Literatura Antiga; Linguística Histórica.

Característica: 100% Textual. É a análise de caso teórico-metodológico, sem parte analítica de campo nenhuma.

Formato: (1) Resumo; (2) Introdução das hipóteses a serem analisadas, detalhando suas relevâncias, objetivos e motivações; (3) Desenvolvimento com exame das hipóteses pelos métodos, levantamentos de dados, crítica aos dados e crítica aos métodos e às fontes; (4) Conclusão com a síntese aprovando ou refutando as hipóteses; (5) Lista das Fontes Primárias (documentos, fotos, com citações de locais de microfilmes ou bases de dados web) ou Secundárias (bibliografias, filmografias, audiografias, pinacografias, hemerografias, webliografias).

  • Fonte: Times New Roman 12 Normal;
  • Diagramação: Margens: 2 cm. Espaço 1,5;
  • 5 a 10 páginas;
  • Tipo de Arquivo: PDF, em P&B;
  • Licença: Creative Commons (configuraremos após envio e aprovação do artigo, diretamente no blog).

* No caso das provas homenageadas poderão ser considerado os aprendizados na prática, sem necessidade de apresentação da parte escrita. Estes estarão descritos apenas na defesa pelo(a) Conselheiro(a), ou pelo Líder, recomendante, conforme for o caso.

Na Sleighe (A Lança):

Tema Genérico, quaisquer desses tópicos: Legislação e Direito; Administração, Gestão Organizacional e Institucional; Organização e Mobilização de Campanhas e Projetos de Causa Animal, Ambiental ou Sócio-Culturais diversas; Agro-Ecologia, Ecologia, Sustentabilidade; Segurança Social e Gestão Comunitária; Arqueologia, Geografia, Engenharia Ambiental; Urbanismo Comunitário; Ciências Sociais Aplicadas, História Quantificada Seriada; Logística, Estratégia Militar; Publicidade e Comunicação de Campanhas Sócio-Culturais, Ambientais ou de Causa Animal.

Característica: Necessita de Estudo de Caso previamente experimentado ou conhecido, não necessariamente solucionado, pode-se propôr as soluções. É a busca investigativa de soluções para um problema da realidade circundante. Necessita de trabalho de campo prévio.

Formato: (1) Resumo; (2) Introdução do Estudo de Caso, com descrição de cronologia, localidades, contextos sociais e culturais envolvidos, agentes sociais envolvidos, panorama do ambiente natural quando pertinente;  (3) Desenvolvimento da investigação acerca de todo o panorama, mencionado métodos avaliativos do caso e enumerando todas as abordagens possíveis, problematizando e colocando adversidades e possibilidades; (4) Conclusão com o desfecho do estudo de caso mencionando as soluções propostas, explicando a necessidade ou motivações dessas soluções, e os desdobramentos que se espera dessas,  (5) Lista das Fontes Primárias (documentos, fotos, com citações de locais de microfilmes ou bases de dados web) ou Secundárias (bibliografias, filmografias, audiografias, pinacografias, hemerografias, webliografias).

  • Fonte: Times New Roman 12 Normal;
  • Diagramação: Margens: 2 cm. Espaço 1,5;
  • 5 a 10 páginas;
  • Tipo de Arquivo: PDF, em P&B;
  • Licença: Creative Commons (configuraremos após envio e aprovação do artigo, diretamente no blog).

* No caso das provas homenageadas poderá ser considerado a realização na prática, sem necessidade de apresentação da estudo de caso. Estas estarão descritas apenas na defesa pelo(a) Conselheiro(a), ou pelo Líder, recomendante, conforme for o caso.

Conteúdos não poderão violar ou se atritar a nossos postulados Étnico-Culturais, a saber:

(…) nossos valores culturais: (2.3.a) A igualdade entre homens e mulheres; (2.3.b) O respeito pelos animais de estimação, considerados como membros de nossa tribo; (2.3.c) O respeito a nossos ancestrais, seus costumes e identidades, não observadas violações às leis atuais; (2.3.d) O respeito às Leis, sempre que justas, bem como o dever em assegurá-las em seu pleno exercício; (2.3.e) A completa oposição a toda e qualquer forma de escravidão ou servilismo; (2.3.f) O respeito à Natureza e a busca por sua preservação e por um desenvolvimento social sustentável; e (2.3.g) A defesa e proteção a toda e qualquer pessoa que na condição de vulnerável, e em laços fraternos conosco, necessite de nossa ajuda e amparo. (…) Fonte: Declaração de Etnicidade – Ratificação Unilateral Eletrônica

Os artigos deverão ser submetidos aos Conselheiros e Conselheiros, que os avaliarão individual e coletivamente, e uma vez aprovado na prova, o(a) candidato(a) receberá a diplomação em acordo com o assunto analisado. Os artigos escolhidos e aprovados serão também publicados em Creative Commons no Blog de Briogáledon sob autoria do(a) candidato(a) aprovado, sendo opcional a criação de um usuário-autor na plataforma.

Se reprovado pelo Conselho, o(a) candidato(a) poderá apresentar novos artigos a provas técnicas no período Céltico, ou estação, seguinte, tendo portanto cerca de 6 meses para desenvolver os estudos e pesquisas e elaborar o artigo. Não há impeditivo para apresentar-se nas duas provas em simultâneo, desde que os artigos sejam diferenciados.