Archive for the Curso de Irlandês Category

Introdução ao Irlandês: Lição 32: Na taberna

Posted in Curso de Irlandês, Idiomas on 09/01/2014 by Briogáledon

Os bares, pubs, as tabernas… são lugares muito importantes na vida social irlandesa. A palavra irlandesa (celta gaélica) é teach tábhairne (lit., casa taberna) ou teach ósta, mas está muito difundido também o uso da palavra inglesa (anglo-germânica) pub: para dizer que alguém está “no pub”, é fácil ouvir a expressão sa phub.

O costume de convidar a uma roda de bebidas a outras pessoas no pub está muito arraigada apesar de gerações de condenações por parte de clérigos e médicos. As bebidas tradicionais neste país são a cerveja e o whiskey. Preste atenção que em inglês se distingue o whisky escocês do whiskey irlandês (repare na letra E entre o K e o Y). Certamente também se diferenciam no processo de elaboração (na Irlanda se destila três vezes, uma a mais que na  Escócia) e, por consequência, no paladar.

Os nomes das bebidas mais populares são:

  • beoir: cerveja.
  • leann dubh: stout (cerveja preta).
  • pórtar: porter, stout (cerveja preta).
  • uisce beatha: whiskey.
  • fíon: vinho.
  • branda: brandy (conhaque).

A cerveja preta chamada stout foi elaborada pela primeira vez na Irlanda por Arthur Guinness no século XVIII (os irlandeses salvaram a civilização, sem duvida! haha :P ). As duas palavras irlandesas que se utilizam para nomeá-la têm diferente origens: leann é uma palavra antiga irlandesa para dizer ‘cerveja’, enquanto que pórtar, mais frequente, procede da antiga palavra inglesa porter.
Uisce beatha significa literalmente ‘água de vida’ e está baseada no latim (acqua vitae). A palavra inglesa whisk(e)y foi tomada do irlandês uisce no século XV. O paradoxo é que uisce significa água. Mas como podem os ingleses confundirem whiskey e água?!

Uma forma comum de oferecer uma bebida é perguntar “tomará uma bebida?”. Em irlandês se deve utilizar a forma possessiva do verbo (+ ag…) e o futuro (beidh, no lugar de ).

  • Tá deoch agam cheana. (Tenho uma bebida já).
  • An mbeidh deoch agat? (Tomará uma bebida?).
  • Beidh. (Sim).
  • Ní beidh. (Não),

Também podemos usar as interrogativas cad? ou céard?, que significam “qual?”:

  • Cad a bheidh agat? (Qual tomará?).
  • Céard a bheidh agat? (Qual tomará?).
  • Beidh pionta agam. (Tomarei um quartilho).

Quando falamos de bebidas, podemos encontrar-nos com os seguintes recipientes (acondicionamentos):

  • buidéal: uma garrafa.
  • gloine: um copo
  • pionta: um quartilho *.
  • leathghloine **: meio copo.
  • leathphionta: meio quartilho.

* Um quartilho é uma fração do galão imperial, uma unidade inglesa de volume que consta de 8 quartilhos. Cada quartilho equivale a 0,461211 litros aproximadamente.

** Preste atenção que leath- (meio/a) é um prefixo da palavra à qual se refere e que causa lenição (atenção, nem todas as consonantes iniciais sofrem lenição):

  • gloine (um copo). >>> leathghloine (meio-copo).
  • (um dia). >>> leathlá (meio-dia).

 

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Lição 31: Eu estava / Eu estarei

Posted in Curso de Irlandês on 25/12/2013 by Briogáledon

Curso de Irlandês: Lição 31 (Eu estava / Eu estarei)

O passado do verbo SER/ESTAR (cujo presente estamos vendo continuamente) é bhí. Se pronuncia (fricativo e suave como no português).

  • Bhí mé in Éirinn (ví méi in érin) = Eu estava na Irlanda.
  • Bhí Seán anseo inné (ví shón anshó in-yé) = João estava aqui ontem.
  • Bhí sé dorcha (ví shéi dôrra) = Estava escuro.

A negação de bhí é ní raibh:

  • Ní raibh Conor ansin (ní rev Conor anshín) = Conor não estava aí.
  • Ní raibh Andrea i Meicsiceo = Andrea não estava no México.

A forma interrogativa do passado é an raibh:

  • An raibh Eithne i mBaile Átha Cliath? (Estava Eithne em Dublin?). [an rev Etna a malha arra clía?]
  • An raibh sé dorcha? (Estava escuro?)

A resposta a uma pergunta com an raibh é:

  • Bhí. (Sim).
  • Ní raibh. (Não).

E a interrogativa negativa é nach raibh:

  • Nach raibh sé fuar ansin? (Não estava/fazia frio aí?)

O FUTURO é beidh. Atenção, se pronuncia bi diante de um pronome e bei em outros casos.

  •     Beidh mé ansin inniu. (Eu estarei aí hoje).[bi méi anshín in-yú].
  •     Beidh Teamhair anseo. (Tara estará aqui). [bei taor anshó].

A forma negativa do futuro é ní bheidh:

  •     Ní bheidh Máire anseo. (Maria não estará aqui). [ni vei móra anshó].

A forma interrogativa do futuro é an mbeidh:

  •     An mbeidh tú anseo amárach? (Estará tu/você aqui amanhã?). [an mi tú anshá amárarr?].

A resposta a uma pergunta com an mbeidh pode ser:

  •     Beidh. (Sim).
  •     Ní beidh. (Não).

A forma interrogativa negativa é nach mbeidh:

  •     Nach mbeidh sé dorcha? (Não estará escuro?) [narr mi séi dôrra?].

Para guardar:

Verbo bí Presente Passado Futuro
bhí beidh
negativo níl ní raibh ní bheidh
interrogativo an bhfuil? an raibh? an mbeidh?
interrog. negat. nach bhfuil? nach raibh? nach mbeidh?
Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Anexos -Pequeno Glossário

Posted in Curso de Irlandês on 18/08/2013 by Briogáledon

Aqui um pequeno Glossário Português-Irlandês.

[Legenda: adj: adjetivo; adv.: advérbio; art.: artigo; conj.: conjunção; dat.: dativo; gen.: genitivo; n: nome (o número indica la declinação); m: masculino; f: feminino; pl.: plural; prep.: preposição; pron.: pronome; s.: singular; v.: verbo].

  • a: do (prep). (pron. preposicionais: dom, duit, dó, dí, dúinn, daoibh, dóibh).
  • a: go (prep. direção).
  • a: an (art. definido). (pl. e gen.: na).
  • abaixo: anuas (adv.) (referido ao tempo, alude ao passado).
  • abraço: barróg (nf2). (pl. barrógaí).
  • acerca de: faoi (prep.). (pron. preposicional: fúm, fút, faoi, fúithi, fúinn, fúibh, fúthu).
  • adeus: slán (nm1). (pl.: -a). Slán leat (al que se va). Slán agat (al que se queda).
  • advogado: dlíodor (nm3).
  • agora: anois (adv.).
  • agricultor: feirmeoir (nm3).
  • aí: ansin, ann (adv.).
  • ainda: fós (adv.).
  • amigo/a: cara (nm). (pl.: cairde; gen.s. e pl.: carad).
  • ano: bliain (nf3). (pl.: blianta, com números: bliana).
  • apartamento: árasán (nm1).
  • aqui: anseo (adv.).
  • assuntos: cúrsaí (nm4).
  • até: go (prep.).
  • avó: seanmháthair (nf). (pl.: seanmháithreacha; gen.s.: seanmháthar).
  • avô: seanathair (nm). (pl.: seanaithreacha; gen.s.: seanathar).
  • bendição, bênção: beannacht (nf3). (pl.: -aí).
  • beijo: póg (nf2). (pl. póganna).
  • bem: go maith (frase adverbial).
  • benvinda: fáilte (nf4).
  • bicicleta: rothar (nm1)
  • bêbado: ar meisce.
  • bebedeira, farra, embriaguez: meisce (nf4).
  • boa noite: oíche mhaith.
  • bom: deas (adj.).
  • bom dia: Dia dhuit. Dia’s Muire dhuit (como respuesta).
  • cadeira: cathaoir (nf). (gen.s.:-each; pl.: -eacha).
  • canção: amhrán (nm1).
  • cantante, cantor/a: amhránaí (nm4).
  • carpinteiro: siúinéir (nm3).
  • carro: carr (nm1). (pl. –anna).
  • casa: teach (nm). (pl. tithe; gen.s.: tí; dat.s.: tigh).
  • casado: pósta (adj.).
  • chapéu: hata (nm4).
  • cidade: cathair (nf). (gen.s.: cathrach; pl.: cathracha).
  • classe: rang (nm3). (pl.: ranganna).
  • colher, concha: spúnóg (nf2). (pl. –a).
  • comerciante: siopadóir (nm3).
  • como (como?): conas. (pron. interrog.).
  • como: mar (prep.).
  • com: le (prep.). (pron. preposicionais: liom, leat, leis, léi, linn, libh, leo).
  • conhecimento: eolas (nm1), fios (nm3).
  • consolo: sólás (nm1).
  • dar: tabhair (v.).
  • de: as (para indicar procedência). (prep.).
  • debaixo: faoi (prep.). (pron. preposicional: fúm, fút, faoi, fúithi, fúinn, fúibh, fúthu).
  • dia: lá (nm). (pl.: laethanta; gen.s.: lae).
  • diferente: difriúil (adj.).
  • difícil: deacair (adj.).
  • dificultade: deacair (nf).
  • deus, Deus: dia, Dia (nm). (gen.s.: dé; pl.: déithe).
  • deusa, Deusa: bandia (n.f) (gens.s.:bandia; pl.:bandéithe)
  • direção: seoladh (nm). (pl.: seoltaí; gen.s.: seolta).
  • e: agus (conj.).
  • espectadores: lucht féachana.
  • ele: sé (pron.). (é, como complemento directo). seisean (pron. personal enfático). (eisean, como complemento directo).
  • ela: sí (pron.). í (como complemento). sise (pron. personal enfático). (ise, como complemento directo).
  • eles: siad (pron.). iad (como complemento). siadsan (pron. personal enfático). (iadsan, como complemento directo).
  • em: ag (prep.). (complemento para ‘tener’).
  • em: i (prep. de lugar). (delante de vocal, in). (pron. preposicionales: ionam, ionat, ann, inti, ionainn, ionnaibh, iontu).
  • em: ar (prep.) (Pronombres preposicionales: orm, ort, air, uirthi, orainn, oraibh, orthu).
  • encima: os cionn (prep.) (por encima de, más que… + Gen.).
  • enquanto: tamall (nm1).
  • entender: tuig (v.).
  • entrar: tar isteach (v.).
  • escola: scoil (nf2) (pl.: -eanna).
  • esposa: bean chéile.
  • esposo: fear céile.
  • estar: bí (presente: tá; neg.: níl; interrog.: an bhfuil?).
  • estudante: mac léinn.
  • eu: mé (pron.). mise (forma enfática).
  • família: teaghlach (nm1); líon ti (nm1) (pl.: -ta).
  • felicidades: comhghairdeas (nm1).
  • feliz: sona (adj.).
  • festival: féile (nf4). (pl.: féilte).
  • festa: féile (nf4). (pl.: féilte).
  • filha: iníon (nf2). (pl.: -acha).
  • filho: mac (nm1); leanbh (nm1) (pl.: leanaí); páiste (nm4).
  • filhos: clann (nf2). (depois do número, pl.: clainn).
  • folheto, panfleto: bileog (nf2).
  • forma: slí (nf4). (pl.: slite).
  • frio: fuar (adj.).
  • garota, menina: cailín (nm4).
  • garoto, menino: buachaill (nm3).
  • gato: cat (nm1).
  • grande: mór (adj. comparativo).
  • granja, fazenda: feirm (nf2). (pl.: -eacha).
  • habitação: seomra (nm4).
  • habitação, moradia, vivenda: cónaí (nm). (gen.s. e pl.: cónaithe)
  • historiador: staraí (nm4).
  • homem: fear (nm1). (pl.: fir; gen: fir).
  • hoje: inniu (adv.).
  • idade: aois (nf2). (pl. –eanna). (d’aois: de idade).
  • idioma: teanga (nf4). (pl.: -cha).
  • informação: eolas (nm1).
  • interessante: suimiúil (adj.).
  • Irlanda: Éire (nf). (dat.s.: Éirinn; gen.s.: Éireann).
  • irlandês: Éireannach (adj., gentílico). Gaeilge (língua irlandesa) (nf4). as Gaeilge: em irlandês.
  • irmã: deirfiúr (nf). (pl.: -acha; gen.s.: deirféar).
  • irmão: deartháir (nm). (pl.: -eacha; gen.s.: dearthár).
  • isso: ea (pron. neutro).
  • isto: sin (pron., adj., adv.).
  • janela: fuinneog (nf2).
  • jovem: óg (adj.). (nm1) (pl.: -a).
  • juventude: ógra (nm4).
  • lei: dlí (nm4). (pl.: -the).
  • língua, idioma: teanga (nf4). (pl.: -cha).
  • livro: leabhar (nm1). (pl. leabhair).
  • longo/a: fada (adj.).
  • luz: solas (nm1). (pl.: soilse).
  • mãe: máthair (nf). (pl. e gen.: máthar).
  • marido: fear céile.
  • mas: ach (conj.).
  • médico: dochtúir (nm3).
  • melhor: fearr.
  • mesa: bord (nm1).
  • mestre, maestro/a: múinteoir (nm3). (pl.: -í).
  • meu: mo (adj. posesivo).
  • mesmo: féin. (tú féin: tu mesmo, você mesmo).
  • morto: marbh (adj.).
  • mulher: bean (nf). (pl. e gen.s.: mná; gen.pl.: ban).
  • muito: an- (prefixo).
  • muito obrigado, obrigado, agradecido: go raibh maith agat (a ti).
  • Natal: Nollaig (nf). (pl.: -í; gen.s.: Nollag). Nollaig Shona: Feliz Natal.
  • neta: gariníon (nf2). (pl.: -acha).
  • neto: garmhac (nm1).
  • noite: oíche (nf4). (pl.: -anta).
  • nome: ainm (nf4). (pl. –neacha).
  • nós, nós outros/as, “a gente” (Brasil): muid (pron.). sinne (pron. personal enfático).
  • nova/o: nua (adj.).
  • novamente: arís (adv.).
  • número: uimhir (nf). (pl.: uimhreacha; gen.s.: uimhreach).
  • o: an (art. definido). (pl. e gen.: na).
  • ocupação: slí bheatha.
  • oficina: oifig (nf2).
  • olá: Dia dhuit. Dia’s Muire dhuit (como resposta).
  • ônibus, no Brasil): bus (nm4). (pl. –anna).
  • pai: athair (nm) (pl. aithreacha, gen.s. athar). (genericamente): muintir (nf2) (pl.: -eacha); tuismitheoir (nm3) (pl.: -í).
  • página: leathanach (nm1). (pl. leathanaigh).
  • país: tír (nf2). (pl.: tíortha).
  • par: cúpla (nm4).
  • pequena/o: beag (adj.).
  • periódico: nuachtán (nm1).
  • pessoa: duine (nm4). (pl. daoine).
  • pé: cos (nf2). (dat.s.: cois).
  • polchete: póca (nm4).
  • polícia: garda (nm4). (pl.: gardaí). Garda Síochána: Policía da República da Irlanda.
  • por favor: le do thoil.
  • preparado: réidh (adj.).
  • próprio: féin (con adj. posesivo y nombre).
  • primo: col ceathar (nm1).
  • professor/a: múinteoir (nm3). (pl.: -í).
  • programa: clár (nm1). (pl. cláir ou cláracha).
  • quartilho: pionta (nm4).
  • quê, qual: cad, cé (pron. interrogativo). (Cén: contração cé+an: qual…?).
  • quem: cé (pron. interrogativo).
  • razão: ceart (nm1). (pl. –a).
  • relógio: clog (nm1).
  • residência: cónaí (nm). (gen.s. y pl.: cónaithe).
  • rua: sráid (nf2). (pl.: -eanna).
  • rugby: rugbaí (nm4).
  • saúde!: sláinte! (nf4).
  • santo: naomh (nm1).
  • secretária/o: rúnaí (nm4). (pl. rúnaithe).
  • secreto, segredo: rún (nm1).
  • semana: seachtain (nf2). (pl.: -í; pl. com números: -e).
  • sentar-se: suigh (v.). Siugh síos: senta-se.
  • ser: bí (para valores temporais) (presente: tá; neg.: níl; interrog.: an bhfuil?) / is (para valores permanentes) (neg.: ní; interrog.: an?).
  • sobrinha: neacht (nf3).
  • sobrinho: nia (nm4). (pl.: -nna).
  • sol: grian (nf2). (pl.: -ta; gen.s.: gréine; dat.s.: gréin).
  • sorte: ádh (nm1).
  • sua: a (de él, de ella o de ellos). (adj. possessivo).
  • também: freisin (adv.).
  • telefone: teileafón (nm1). (gen.s.: teileafóin). telefono móvel, celular: fón póca (nm1).
  • tempo: aimsir (nf2).
  • tenda: siopa (nm4).
  • ter: tá… ag… (v.). (não existe a noção de propriedade, lembre-se, se diz que “a coisa está em”)
  • terra: tír (nf2). (pl.: tíortha).
  • tia: aintín (nf4).
  • tio: uncail (nm4).
  • trevo: seamróg (nf2).
  • teu: do (adj. posesivo).
  • tu, você: tú (pron.). tusa (forma enfática).
  • vaca: bó (nf). (pl.: ba; gen.s e pl.: bó).
  • velha/o: sean (adj.). (También como prefijo: sean-).
  • vida: beatha (nf4).
  • viver em: tá… i (mo) c(h)ónaí i …. (v.).
  • vocês, vós, vós outros: sibh (pron.). sibhse (pron. personal enfático).
  • voluntário: óglach (soldado) (nm1).
  • vontade: toil (nf3).

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Anexos – Nomes de Países

Posted in Curso de Irlandês on 16/08/2013 by Briogáledon

Por curiosidade, caso deseje saber como se escreve em irlandês o nome de um dado país ou simplesmente para poder acompanhar melhor a outros aprendizados deste idioma, aqui você tem uma lista graças à Vicipéid (a wikipedia em gaélico irlandés):

.
Afganistão – An Afganastáin
o Kabul – Cabúl
Albânia – An Albáin
Alemanha – An Ghearmáin
o Berlín – Beirlín
Andorra – Andóra
Angola – Angóla
Arábia Saudita – An Araib Shádach
Aragão (País Autônomo, no Reino da Espanha) – An Aragóin
Argélia – An Ailgéir
Argentina – An Airgintín
Armênia – An Airméin
Austrália – An Astráil
Áustria – An Ostair
ou Viena – Vín
Azerbaijão – An Asarbaiseáin / Azerbaydzhan
Bahamas – Na Bahámaí
Bahrein – Bairéin
Bangladesh – An Bhangladéis
Barbados – Barbadós
Bielorrússia – Bealarúisis
ou Minsk – Minsc
Bélgica – An Bheilg
ou Antuérpia – Antuairp
ou Bruxelas – An Bhruiséil
Belize – An Bheilís
Bolívia – An Bholaiv
ou La Paz – An Pás
Bósnia – An Bhoisnia
Bósnia-Herzegóvina – An Bhoisnia Heirseagaivéin
ou Sarajevo – Sairéavó
Botswana – An Bhotsuáin
Brasil – An Bhrasaíl
Bretanha/Breizh  (País Celta Autônomo, na França) – An Bhriotáin
Brunei – Brúiné
Bulgária– An Bhulgáir
o Sofía – Sóifia
Burkina Fasso – Buircíne Fasó
Burundi – An Bhurúin
Cabo Verde – Rinn Verde
Camboja – An Chambóid
Camarões – Camarún
Canadá – Ceanada
ou Terranova – Talamh an Éisc
ou Nova Scócia – Alba Nua
Castilla (Castela, área histórica Visigótica da Coroa da Espanha, Reino de Castela): Caistíl.
Catalunha/Catalunya: An Chatalóin.
Chade – Sead
Chile – An tSile
ou Santiago – Saintiagó
China – An tSín
ou Beijing (Pequim) – Béising / Péicing
Colômbia – An Cholóim
Congo – An Congó
ou Kinshasa – Cinseasa
Coréia – An Chóiré
Coréia do Norte – An Chóiré Thuaidh
Coréia do Sul – An Chóiré Theas
Cornualha/Kérnow  (Nação Celta, Ducado reivindicando Autonomia, no Reino Unido) – Corn na Breataine
Costa de Marfim – An Cósta Eabhair
Croácia – An Chróit
ou Zagreb – Ságrab
Cuba – Cúba
República Tcheca – Poblacht na Seice
ou Praga – Prág
Chipre – An Chipir
Dinamarca – An Danmhairg
ou Copenhague – Cóbanhávan
Equador – Eacuadór
ou Quito – Caíteo
El Salvador – An tSalvadóir
Emirados Árabes Unidos – Aontas na nÉimíríochtaí Arabacha
Egito – An Éigipt
ou Alexandria -Cathair Alasezir / Cathair Alastair
ou Cairo – Caireo
ou Lúxor – Lucsar
ou Suez – Suais
Eritréia – An Eiritré
Escócia/Alba  (País Celta Autônomo, no Reino Unido) – Albain
ou Aberdeen – Obar Deathain
ou Edimburgo – Dún Éideann
ou Glasgow – Glaschú
ou Inverness – Inbhear Nis
Eslováquia – An tSlóvaic
ou Bratislava – An Bhratasláiv
Eslovênia – An tSlóivéin
ou Ljubljana – Liúibleána
Espanha – An Spáinn
ou Madri – Maidrid
Estados Unidos da América (E.U.A., U.S.A.) – Stáit Aontaithe Mheiriceá (S.A.M.)
ou Alaska – Alasca
ou Califórnia – Caileafóirnia
ou Sacramento – An tSacramento
ou Hawaii – Habháí / Haváí
ou Massachusetts – Massachusetts
ou Boston – Bostún
ou Novo México – Nua-Mheicsiceo
ou Nova Iorque/New York – Nua-Eabhrac
ou Carolina do Norte/North Carolina – Carolina Thuaidh
ou Dakota do Norte/North Dakota – Dakota Thuaidh
ou Pensilvânia/Pennsylvania – Pennsylvania
ou Filadélfia/Philadelphia – Filideilfia
ou Rhode Island – Oileán Rhode
ou Carolina do Sul/South Carolina – Carolina Theas
ou Dakota do Sul/South Dakota – Dakota Theas
ou Tennessee – Tennessee
ou Memphis – Meimfís
ou West Virginia – Virginia Thiar
Estônia – An Eastóin
Etiópia – An Aetóip
ou Addis Abeba – Adas Ababa
Fiji – Fidsí
Filipinas – Na hOileáin Fhilipíneacha
ou Manila – Mainile
Finlândia – An Fhionlainn
ou Helsinki – Heilsincí
França – An Fhrainc
ou Île-de-France – Île-de-France
ou Paris – Páras
Gabão – An Ghabúin
Gales (País Celta Autônomo, no Reino Unido) – An Bhreatain Bheag (lit. Pequeña Bretaña)
ou Cardiff – Caerdydd
Galícia/Galiza (País Celta Autônomo, no Reino da Espanha) – An Ghailís
Gâmbia – An Ghaimbia
Geórgia – An tSeoirsia
Gana – Gána
Gibraltar – Giobráltar
Grécia – An Ghréig
ou Atenas – An Aithin
ou Pireu – Piréas
Granada – Grenada
Groenlândia – An Ghraonlainn
Guatemala – Guatamala
Guiné – An Ghuine
Guiné-Bissau – Guine Bhissau
Guiné Ecuatorial – An Ghuine Mheánchiorclach / An Ghuine Mheánchriosach
Guiana – An Ghuáin
Haiti – Háití
Holanda/Países Baixos/Nederlândia (na verdade falamos errado em português, pois a Holanda é só uma parte dos Países Baixos, o correto seria falarmos Nederlândia ou Países Baixos)- An Ísiltír
ou Amsterdam – Amstardam
ou Haya – An Háig
Honduras – Hondúras
Hungria – An Ungáir
ou Budapeste – Búdaipeist
Islândia – An Íoslainn
ou Reykjavik – Réicivíc
Índia – An Ind
ou Bhopal – Bópal
ou Delhi – Deilí
ou Calcutá – Calcúta
ou Nova Délhi – Nua-Deilí
Indonésia – An Indinéis
ou Jakarta – Iacárta
Inglaterra – Sasana
ou Bristol – Briostó
ou Liverpool – Learpholl
ou Londres – Londain
ou Manchester – Manchain
ou Newcastle – An Caisleán Nua
ou York – Eabhrac
Ilha de Man (País Celta Autônomo, no Reino Unido) – Oileán Mhanann
Israel – Iosrael
ou Jerusalém – Iarúsailéim
Irán/Irão (em Portugal) – An Iaráin
Iraque – An Iaráic
ou Bagdá – Bagdad
Irlanda (País Celta Independente) – Éire
Irlanda do Norte (País Celta Autônomo, no Reino Unido) – Tuaisceart Éireann
Ilhas Feroe – Oileáin Fharó
Itália – An Iodáil
ou Florença – Flórans
ou Milão – Milano
ou Pompéia – Poimpé
ou Roma – An Róimh
ou Veneza – An Veinéis
Jamaica – Iamáice
Japão – An tSeapáin
ou Kyoto – Kiótó
ou Tokyo – Tóiceo
Jordânia – An Iordáin
Kênia/Quênia – An Chéinia
Kosovo – An Chosaiv
Kuwait – Cuáit
Laos – Laos
Letônia – An Laitvia
ou Riga – Ríge
Líbano – An Liobáin
ou Beirute – Béiriút
Lesoto – Leosóta
Libéria – An Libéir
Líbia – An Libia
ou Trípoli – Tripilí
Liechtenstein – Lichtinstéin
ou Vaduz – Vadús
Lituânia – An Liotuáin
Luxemburgo – Lucsamburg
Macedônia – An Mhacadóin
ou Skopje – Scóipé
Madagascar – Madagascar
Malawi – An Mhaláiv
Malásia – Malaeisia
Maldivas – Oileáin Mhaildíve
Mali – Mailí
Malta – Málta
ou Valeta – Vaileite
Marrocos – Maracó
Maurício (Ilhas Maurício) – Oileán Mhuirís
Mauritânia – An Mháratáin
México – Meicsiceo
ou Cidade do México, México D.F. – Cathair Mheicsiceo
Micronésia – An Mhicrinéis
Moldávia – An Mholdóiv
Mônaco – Monacó
Mongólia – An Mhongóil
ou Ulaanbaatar – Ulánbátar
Montenegro – Montainéagró
Moçambique – Mósaimbíc
Myanmar – Maenmar
Namíbia – An Namaib
Nepal – Neipeal
Nicaragua – Nicearagua
Níger – An Nígir
Nigéria – An Nigéir
Noruega – An Iorua
ou Oslo – Osló
Nova Zelândia – An Nua-Shéalainn
Omán – Oman
País Basco/Euskadi (País Basco Autônomo, no Reino da Espanha): An Tír Bhascach.
Paquistão – An Phacastáin
Palestina – An Phalaistín
Panamá – Panama
Paraguai – Paragua
ou Asunción – Asúinseon
Peru – Peiriú
ou Lima – Líoma
Polônia – An Pholainn
ou Varsóvia – Vársá
Portugal – An Phortaingéil
ou Lisboa – Liospóin
Qatar – Catar
Reino Unido da Gran Bretanha e Irlanda do Norte – Ríocht Aontaithe na Breataine Móire agus Thuaisceart Éireann
República Centroafricana – Poblacht na hAfraice Láir
República Dominicana – An Phoblacht Dhoiminiceach
República da Irlanda (País Celta Independente) – Poblacht na hÉireann
Romênia – An Rómáin
ou Bucareste – Búcairist
Rússia – An Rúis
ou Moscou – Moscó
ou São Petersburgo – Cathair Pheadair
Ruanda – Ruanda
Sáara Ocidental – An Sahára Thiar
San Marino – San Mairíne
Senegal – An tSeineagáil
ou Dakar – Dacár
Sérvia – An tSeirbia
ou Belgrado – Béalgrád
Seychelles/Ilhas Seychelles – Na Séiséil
Serra Leoa – Siarra Leon
Singapura – Singeapór
Síria – An tSiria
ou Damasco – Damaisc
Somália – An tSomáil
ou Mogadiscio – Mogaidisiú
South Africa/África do Sul– An Afraic Theas
ou Cidade do Cabo – Kaapstad
Sri Lanka – Srí Lanka
Sudão – An tSúdáin
o Jartum – Cartúm
Suriname – Suriname
Suécia – An tSualainn
ou Estocolm0 – Stócólm
Suiça – An Eilvéis
ou Berna – Beirn
ou Genebra – An Ghinéiv
Tailândia – An Téalainn
ou Bangkok – Bancác
Taiwan – An Téaváin
Tadjiquistão – An Táidsíceastáin
Tanzânia – An Tansáin
ou Dar es Salaam – Dárasalám
Timor Oriental – Tíomór Thoir
Togo – Tóga
Trinidad e Tobago – Oileán na Tríonóide agus Tobága
• Tunísia – An Túinéis
ou Cartago – An Chartaig
ou Túnis – Túinis
Turquia – An Tuirc
ou Istambul – Iostanbúl
Turcomenistão – An Tuircméanastáin
Uganda – Uganda
Ucrânia – An Úcráin
ou Kiev – Cív
Uruguai – Uragua
Uzbequistão – An Úisbéiceastáin
Vaticano/Cidado do Vaticano – Cathair na Vatacáine
Venezuela – Veiniséala
Vietnam – Vítneam
ou Hanoi – Hanáí
Yemen/Iêmen – An Éimin
Zâmbia – An tSaimbia
Zimbábwe – An tSiombáib

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Lição 30: São Patrício

Posted in Curso de Irlandês on 07/01/2013 by Briogáledon

Curso de Irlandês: Lição 30 (São Patrício)

O dia 17 de março é especial para os Irlandeses. Há cidades aonde seus rios se tingem de verde. As casas são decoradas com trevos e as pessoas se abençoam umas às outras. As tavernas estão cheias e litros de cerveja são apreciados brindando à saúde de todos. Em 17 de março, todo mundo é irlandês. É que … é St. Patrick!!!

Este curso não poderia permanecer impassível, então vamos aprender sobre a comemoração ao santo padroeiro da Irlanda, com o conhecimento de algumas palavras intimamente relacionadas com esta data:

San Patricio se diz Naomh Pádraig. (Se pronuncia algo assim como [nif pórrik]).

O Dia de São Patrício é: Lá Fhéile Pádraig. [lo eila pórrik] (literalmente, o dia de festa Patrício; note-se que féile vai no genitivo, por isso sofre lenição, mas Pádraig não).

A frase mais própria desse dia é: Beannachtaí na Féile Pádraig oraibh! [banarrtí na fela pórrik uriv]. Significa “Bendições de São Patrício sobre vocês”. Se a bendição por exemplo é “sobre ti”, então o pronome preposicional seria ort (e não oraibh).

O símbolo de São Patrício é o trevo, porque o santo o empregou para explicar o mistério da Santíssima Trindade aos Celtas. Trevo em irlandês se diz: seamróg. [shamrok]

Quando a festa vai tomando corpo, se é obrigado a visitar um irish pub (em qualquer lugar do mundo em que esteja; nota da tradução: ainda bem que existem alguns em Minas Gerais, então haha 😀 ) e pedir “uma dose de Guinnes, por favor”. Em irlandês se diz: Pionta Guinness, le do thoil. [pionta Guinness ledorrol].

Quando você brinda, diz “Saúde!“: Sláinte! [eslontcha].

Mas tenha cuidado, à segunda ou terceira dose te podem perguntar: Você está bêbado? An bhfuil tú ar meisce? [anwil tú ar meshka?]

Sem dúvida, a melhor frase que já se viu seria esta:
Tabhair póg dom, is Éireannach mé.
[túar pog dom, is éranarr me].
Significa: “Beije-me, sou irlandês”.

Aprendendo-a bem quem sabe tenha a oportunidade algum dia de usá-la :D.

Beannachtaí na Féile Pádraig oraibh!!!

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Lição 29: Está casado?

Posted in Curso de Irlandês on 07/01/2013 by Briogáledon

Curso de Irlandês: Lição 29 (está casado?)

Exercícios:

Diálogo 1:

C.: Dia dhuit, a Dhónaill. Cónas tá cúrsaí? (Olá, Donald. como vai? –literalmente, como estão as coisas?-).
D.: Go maith. An bhfuil tú fós i do chónaí in árasán? (Bem. Mora ainda em um apartamento?).
C.: Níl. Tá mo theach féin agam anois. (Não. Tenho minha própria casa agora).
D.: An bhfuil tú pósta anois? (Está casado agora?).
C.: Níl. Cad fútsa? (Não. E você está?/Que há com você? –lit., o quê sobre ti?-).
D.: Tá, le cúpla bliain anuas. (Sim, há um par de anos).
C.: Ó, comhghairdeas. An bhfuil clann agat? (Oh, felicidades. Tem filhos?).
D.: Tá leanbh óg againn le bliain. (Tivemos um bebê a um ano).

Diálogo 2:

Bean Uí Shé: An bhfuil clann mhór agat, a Sheámais? (Você tem uma gran família, Jaime?).
Séamas: Tá beirt mhac agus iníon againn. (Temos dois filhos e uma filha).
B.: Cén aois iad? (Quantos anos têm?).
S.: Tá Cáit ocht mbliaina d’aois. Tá Pól sé bliana d’aois agus tá dhá bhliain ag Nuala. (Cáit tem oito anos de idade. Paulo tem seis anos de idade e Nuala tem dois anos).
B.: Tá beirt acu ar scoil mar sin? (Dois deles estão na escola então?).
S.: Tá. (Sim).
B.: Tá triúr mac againne. (Nós temos três filhos).

Novidades:

1) Na frase “le cupla bliain anuas”, aparece a preposição le, que significa ‘com’, mas que aqui está relacionada com o tempo e muda seu significado. Quando se usa a preposição le (com) com períodos de tempo, a frase adquire um sentido de passado (ainda que a forma verbal que se use seja presente):

  • Tá mé anseo le seachtain. (Tenho estado aqui (durante) uma semana). (li., estou aqui com uma semana).
  • Tá muid anseo le tamall. (Temos estado aqui durante um tempo).
  • Tá leanbh aici le mí. (Ela teve um menino este mês passado). (lit., ela tem um menino com mês).
  • Tá sé marbh le fada. (Ele morreu faz muito tempo).

Freqüentemente se reforça com anuas (lit. ‘abaixo’).

  • Tá Liam pósta le bliain anuas. (Guilherme se casou faz um ano). (lit,. com um ano abaixo).

2) A frase “Tá beirt acu ar scoil mar sin?” se parece bastante complexa. O manual que foi usado (originalmente) neste curso traduz a expressão beirt acu como “dois deles”.O tradutor original do curso, reconhece que a princípio se pode pensar que “tá + acu” poderia traduzir-se por “eles têm”. Mas e o sinal? Obrigaria a usar “an bhfuil” no lugar de “tá”. Assim que, está descartado o verbo “ter”, ficamos com a tradução “2 deles”, ok?

3) Finalmente againne é a forma enfática do pronome preposicional againn (literalmente, “em nós”).

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Lição 28: O vocativo

Posted in Curso de Irlandês on 07/01/2013 by Briogáledon

Curso de Irlandês: Lição 28 (o vocativo)

Na Lição 6 já vimos o que acontece  quando você chama a uma pessoa por seu nome. No caso vocativo em irlandês, o nome vai precedido da partícula a. Esta partícula provoca lenição no nome que vai em seguida:

  • Máire >>> a Mháire (se pronuncia [a váre])
  • Pádraig >>> a Phádraig ([a fádraig])
  • Síle >>> a Shíle ([a rríle])
  • Siobhán >>> a Shiobhán ([a rrován])

Recordemos que só nove consoantes sofrem lenição em irlandês (o vimos na Lição 13): b, c, d, f, g, m, p, s, t.

As demais consoantes não sofrem lenição. Por exemplo:

  • Liam >>> a Liam
  • Niamh >>> a Niamh

A maioria dos nomes masculinos que terminam em consoante larga (ou seja, que vai precedida por a, o, u) a alteram por uma consoante fina, acrescendo um i antes da consoante final:

  • Dónall >>> a Dhónaill ([a gónail])
  • Tomás >>> a Thomáis ([a rromásh])
  • Séamas >>> a Shéamais ([a rrémaish])
  • Seán >>> a Sheáin ([a rroin])
  • Peadar >>> a Pheadair ([a fadair])

A frente dos nomes, você pode referir-se ao outro como ‘amigo’, por exemplo.

  • a chara. ([a rrarra]).

Ou no plural: ‘amigos’.

  • a chairde. ([a rrorda]).

Assim, quando Seán se encontra com vários amigos, se saúdam da seguinte maneira:

  • –    Dia daoibh, a chairde. (Deus a vocês –olá – , amigos).
  • –    Dia’s Muire dhuit, a Sheáin. (Deus e Maria a ti –olá -, João).

(nota da tradução: para os que forem cristãos, pois também existem irlandeses Wiccanos, Druidas, agnósticos e de várias outras religiões, evidentemente, e que possuem seus próprios modos de cumprimentar).

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Lição 27: Pronomes em forma Enfática

Posted in Curso de Irlandês on 16/11/2012 by Briogáledon

Curso de Irlandês: Lição 27 (pronomes em forma enfática)

Já vimos que, para dar mais ênfase ou contraste a uma frase, se pode utilizar o pronome pessoal em sua forma enfática: assim, se converte em mise e em tusa.

Não é o mesmo dizer Is rúnaí mé (eu sou um secretário) que dizer Is rúnaí mise freisin (eu também sou um secretário).

Não é igual perguntar An múnteoir tú? que An múnteoir tusa?. Em português não se emprega o mesmo ton para dizer “Você é professor?” que para dizer “Vocêêê é prooofeeesssor?!!”. (Exagero a grafia para que vejam a diferença).

Em português não faz falta normalmente dizer o pronome pessoal (dizemos simplesmente ‘estou bem’, por exemplo), pois a pessoa vai implícita na forma verbal, assim então, quando usamos o pronome (‘eu estou bem’), estamos dando mais ênfase à frase. Isso em irlandês se faz com a forma enfática do pronome: mise, tusa…

Já vimos que esta forma enfática se emprega para perguntar ou responder sobre nomes de pessoas.

Formas Enfáticas dos Pronomes Pessoais:

  • Mise (eu)
  • Tusa (tu, você)
  • (S)eisean (ele)
  • (S)ise (ela)
  • Sinne (nós)
  • Sibhse (vós, vocês)
  • (S)iadsan (eles)

Vejamos alguns exemplos:

  • Tá mé réidh. (Estou pronto.)
  • Tá mise réidh. (Euuuu estou pronto)
  • Tá siad go deas. (São bons).
  • Tá siadsan go deas. (Eeeeles são bons).

Outra expressão enfática é quando dizemos “eu mesmo”, “você mesmo”, etc. Em irlandês se constrói com a palavra féin (mesmo/a).:

  • Níl mé pósta. (Eu não estou casado).
  • Níl mé féin pósta. (Eu mesmo não estou casado).

Depois de um nome, significa ‘próprio’:
mo theach. (minha casa). >>> mo theach féin. (minha própria casa).

Precisamente o nome de um partido político histórico na Irlanda, fundado em 1905 e que hoje é a segunda força política na Irlanda do Norte e a quarta na República, é Sinn Féin, que significa ‘Nós Mesmos’.

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Lição 26: A Ordem das Palavras

Posted in Curso de Irlandês on 08/11/2012 by Briogáledon

Curso de Irlandês: Lição 26 (a ordem das palavras)

No irlandês a ordem das palavras é diferente do que em outras línguas a que conhecemos. Já vimos que o verbo vai antes do sujeito: a estrutura gramatical seria V-S-O (verbo-sujeito-objeto):

  • Tá Seán anseo. (Está João aqui = João está aqui)

Quando uma palavra qualifica a outra, a que qualifica (indo ou não em genitivo), se escreve sempre atrás. Já vimos alguns exemplos disto:

  • Uimhir teileafóin.(número de telefone)
  • Fón póca.(telefone de bolso, telefone móvel, celular)
  • Sráid Mhór. (Rua Maior, rua grande)

Outro caso é o do adjetivo que vai depois do nome, assim como no português:

  • Leanbh óg. (um menino pequeno, um bebê) (lit., menino jovem).
  • Rothar nua. (uma bicicleta nova).
  • Teach mór. (uma casa grande)

Tenha atenção que um nome feminino provoca lenição no adjetivo seguinte se começa por consoante (exceto l, n, r):

  • Clann mhór. (uma grande família, com muitas crianças).
  • Oifig bheag. (uma oficina pequena).
  • Sráid fhada. (uma rua larga).

Uns poucos adjetivos de uma sílaba precedem ao nome, como um prefixo. A palavra sean (velho) é um exemplo. Certamente, causa lenição:

  • Seanfhear. (um homem velho).
  • Seanbhean. (uma mulher velha).

Atenção: a conjunção de n e d rompe a norma da lenição:

  • Seanduine. (uma pessoa velha) (de fato, freqüentemente alude a um homem velho).
  • Seandaoine (gente velha, pessoas velhas) (homens e mulheres).

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.

Introdução ao Irlandês: Lição 25: Tenho 20 anos

Posted in Curso de Irlandês on 27/08/2012 by Briogáledon

Curso de Irlandês: Lição 25 (tenho 20 anos)

Agora vamos aprender a contar anos. Em irlandês, ano se diz bliain.

Assim, “um ano”, se diz simplesmente bliain.

Depois do número dhá (2), que causa lenição, se converte em bhliain (pronuncia-se [vlíen]):

  • dhá bhliain. (dois anos).

A forma especial bliana se usa com os números do 3 ao 10:

  • trí bliana. (três anos).
  • ceithre bliana. (quatro anos).
  • cúig bliana. (cinco anos).
  • sé bliana. (seis anos).

Entre o 7 e o 10, se põe uma letra m antes da palabra ‘ano’, o que dá lugar a mbliana [mlíana]:

  • seacht mbliana. (sete anos).
  • ocht mbliana. (oito anos).
  • naoi mbliana. (nove anos).
  • deich mbliana. (dez anos).

A partir do 11, se acrescenta déag depois de bliain. Atenção, para construir o 11, se usa aon (um), que causa lenição:

  • aon bhliain déag. (onze anos).
  • dhá bhliain déag. (doze anos).
  • trí bliana déag. (treze anos).
  • ceithre bliana déag. (quatorze anos).
  • E assim se segue…

Para perguntar a idade de uma pessoa, se tem que usar cén, que combina (o quê? ou, quem?) e o artigo an (o/a), adiante da palavra aois (idade):

  • Cén aois tú? (que idade tem você?, qual é a tua idade?, quantos anos você tem?).
  • Cén aois é? (quantos anos tem ele?).
  • Cén aois é Seán? (quantos anos tem João?).
  • Cén aois í Máire? (quantos anos tem Maria?).
  • Cén aois iad? (quantos anos têm eles?).

Na resposta se emprega a expressão d’aois (de idade), que é a contração* de de (significa ‘de’, que coincidência!!!) e aois (idade):

  • Tá mé fiche bliain d’aois. (Tenho vinte anos) (literalmente, sou vinte anos de idade).
  • Tá m’athair caoga bliain. (Meu pai tem cinquenta anos).
  • Tá mo dheirfiúr tríocha a cúig bliain d’aois. / Tá mo dheirfiúr cúig bliana is** tríocha d’aois. (Minha irmã tem trinta e cinco anos).

* Observe que a vogal de de, de modo igual à de do, se contrai ao contatar com uma palavra que  começa por vogal.
** Nste caso, is é a apócope da conjunção copulativa agus (e). Não confundir com a cópula is (o verbo ser).

Há duas expressões muito usuais em irlandés: os cionn (mais de, encima) e faoi bhun (debaixo).

  • “Do lucht féachana os cionn 18 bliain”. (“Para espectadores maiores de 18 anos”, típica nota de aviso nos cinemas).
  • Leanaí faoi bhun deich mbliana d’aois. (meninos menores de 10 años).

Exercícios:

  • Quantos anos tem?: Cén aois tú?
  • Tenho vinte e nove: Tá mé fiche a naoi bliain d’aois. // Tá mé naoi mbliana is fiche d’aois.
  • Meu irmão tem trinta e dois anos.: Tá mo dheartháir tríocha a dhá bhliain d’aois. // Tá mo dheartháir dhá bhliain is tríocha d’aois.
  • Quantos anos tem Declan?: Cén aois é Declan?
  • João tem quarenta e três.: Tá Seán daichead a trí bliain d’aois. // Tá Seán trí bliana is daichead d’aois.
  • Que idade tem Patrícia?: Cén aois í Pádraigín?
  • Ela tem vinte e seis.: Tá sí fiche a sé bliain d’aois. // Tá sí sé bliana is fiche d’aois.
  • Quantos anos tem sua filha (dele)?: Cén aois a iníon?
  • A garota tem doze anos.: Tá an cailín dhá bhliain d’aois.
  • Seu pai (dela) tem sessenta e sete anos.: Tá a hathair seasca a seacht bliain d’aois. // Tá a hathair seacht mbliana is seasca d’aois.
  • Quantos anos tem sua mãe  (dela)?: Cén aois a máthair?
  • Sua mãe (dela) tem cinquenta e dois.: Tá a máthair caoga a dhá bhliain d’aois. // Tá a máthair dhá bhliain is caoga d’aois.
  • Temos três filhos. Eoin tem quatorze anos, Ana tem onze e Paul tem cinco.: Tá triúr clainne againn. Tá Eoin ceithre bliana déag d’aois, tá Áinne aon bhliain déag d’aois agus tá Pól a cúig bliana d’aois.

Tradução Livre do Curso de Irlandês Innisfree em Espanhol.