Archive for the Boicotes (Baghcat) Category

O que eu mandaria no Sarahah das Feiras Medievais!

Posted in Boicotes (Baghcat), Campanhas Sociais (Slógadh), Celtismo, Derruba esta Roma!, Fratria, Protestos ( Agóidí ) on 10/08/2017 by Gustavo Augusto Bardo

Seguem algumas críticas construtivas com base na adoção de um Ressurgir Identitário Celta e Íbero e com base na Integração Ativista a Lutas Identitárias de outras Minorias.

Falo por mim, embora acredite que muitos compartirão das minhas concepções.

Críticas Históricas:

Pergunta Crítica Irônica: _ Vai ter evento exaltando o Império Romano Escravista e o Período Colonial Escravista também? Porque exaltar períodos históricos não é exaltar somente suas partes supostamente “boas” _ o que depende do referencial Antropológico_ mas exaltar todo um conjunto de acontecimentos que incluem muitas passagens nefastas, as quais aliás foram bastante comuns na Idade Média como:

  • prima nocte (direito do nobre local ter a primeira noite de núpcias com a noiva do camponês ou vassalo local, o que nós entendemos hoje como crime de estupro);
  • Cruzadas, o historiador Amin Malouf retrata em As Cruzadas Vistas pelos Árabes um massacre em que os franj como eram chamados os Cruzados no mundo árabe, dizimaram em três dias cerca de cem mil civis na cidade de Antióquia, em 11 de dezembro de 1098. As Cruzadas serão exaltadas?
  • Santa Inquisição, será exaltada? Leia o Wiki marcado antes de pensar em exaltar essa fase da sofisticação do que hoje concebemos como crime de tortura;
  • A perseguição aos Cátaros será exaltada? Leia o Wiki marcado antes de pensar em exaltar essa fase da sofisticação do que hoje concebemos como preconceito religioso;
  • A perseguição aos Judeus será exaltada? Leia o Wiki marcado antes de pensar em exaltar essa fase da sofisticação do que hoje concebemos como preconceito religioso e racismo;
  • A perseguição às Bruxas (o que aliás é conteúdo de interesse étnico Celta) será exaltada? Leia o Wiki marcado antes de pensar em exaltar essa fase da sofisticação do que hoje concebemos como preconceito religioso;
  • O Malleus Maleficarum, manual da Tortura da Baixa Idade Média, será exaltado? Leia o Wiki marcado antes de pensar em exaltar essa fase da sofisticação do que hoje concebemos como preconceito religioso e crime de tortura;
  • O servilismo feudal, um dos regimes de trabalho análogos à escravidão, será exaltado? Leia o Wiki marcado antes de pensar em exaltar essa fase da sofisticação do que hoje concebemos como crime de trabalho compulsório;
  • Haverá exaltação da Peste Bubônica com recomendações de falta de higiene? Isso foi um dos episódios mais marcantes da Idade Média Europeia!
  • Haverão Fogueiras de Inquisição e Execuções em Patíbulos? Consta que eram parte do “entretenimento” medieval;

Críticas a Anacronismos:

Etnias que também devem fazer parte de uma boa Feira Medieval:

  • Árabes, Persas, Mouros, Bérberes e Turcos, pois a Expansão do Islam, se deu inclusive em terras europeias, na Idade Média, e tiveram marcante influência na Arquitetura Ibérica principalmente, além das contribuições da Medicina de Avicena (Ibn Sina) que foram essenciais para evitar a proliferação de doenças como própria Peste Bubônica, ao menos no mundo islamizado, de modo que um evento medieval em um país ibero-descendente não pode se furtar a tê-los representados;
  • Chineses, inclusive por suas inovações tecnológicas: os chineses tinham um lança-chamas em forma de dragão com um sistema de pistão que poderia ter gerado uma revolução industrial no Oriente se eles tivessem tido a ideia do motor; os chineses inventaram a pólvora e tiveram a brilhante ideia de prender um fogo de artifício em uma flecha, e com lançadeiras de várias disso se tornaram os precursores dos lança-mísseis já na Idade Média e invadiram a Coreia com isso! Para saber mais veja: Jiao-Yu, Cho-ko-nu, Canhão de Mão, ou leia o Huolongjing;
  • Japoneses e outros povos asiáticos: foi justamente na Alta Idade Média, que o Japão adotou o Sistema Imperial;
  • Povos Amérindios, afinal entre as Civilizações Pré-Colombianas por exemplo, é justamente na Idade Média Central, que surge a pujança da Civilização Maia, e além dos Toltecas construindo em 1300 D.C a cidade de Tula, uma das mais magníficas cidades da época, entre muitas outras civilizações, e também importante destacar os astecas e Tenochtitlán, cidade fundada em 1325, e que quando os espanhóis chegaram já no início da Idade Moderna, tinha cerca de 300 mil habitantes contra os 60 a 90 mil habitantes da cidade de Paris;
  • Povos Africanos, também precisam ser representados visto terem na Idade Média surgido reinos e impérios na África como o Reino de Mali, ou o Império de Gana, ou o Império de Axum, entre outras civilizações;
  • E embora eu não tenha um conhecimento profundo sobre as Etnias Aborígenes Oceânicas, tanto as polinésias, melanésias e micronésias quanto as australóides e papuas, ou os maoris, é certo que muitas já existiam na Idade Média, e seria interessante serem representadas também.

Crítica Antropológica

Não tenho nada contra Feiras ou Festas Medievais ou de quaisquer períodos cronológicos históricos, ou de quaisquer épocas, mas é pertinente que não sejam exaltadas e sim abordadas do ponto de vista crítico para que suas mazelas, muitas ainda presentes nas mentalidades contemporâneas, não sejam legitimadas como certas em detrimento das críticas sofridas ao longo de suas próprias histórias, bem como que sejam abordadas com a multiculturalidade que de fato tiveram, apesar das opressões e preconceitos das épocas, para que esses preconceitos não se repitam aos dias de hoje.

 

 

 

Anúncios

Taxis continuam violando contramão e BOICOTE agora é PERMANENTE!

Posted in Boicotes (Baghcat), Nova Lima on 19/05/2014 by Briogáledon

Tendo em vista o fato de que taxistas continuam violando a contramão da RUA INDEPENDÊNCIA, Centro, Nova Lima, MG, conforme flagrado pelo sistema de detecção do casarão de nossa liderança, quem sabe sede fixa de um futuro crannóg presencial, enfim, violações essas que serão anexadas aos autos da Manifestação Pública MPMG-61074102012-3 movida contra a impunidade na rua, e que aguarda audiência junto ao governo do Estado mediante protocolagem aberta junto à Governadoria, enfim:

BRIOGÁLEDON DECIDE FAZER PERMANENTE O BOICOTE DEMOCRÁTICO PELO NÃO USO DE TAXIS DO MUNICÍPIO entenda-se, enquanto uma gestão municipal drasticamente inovadora não alterar a fiscalização de trânsito e não se observar em intervalos superiores a 6 meses a real ausência de reincidência.

Sendo assim… o desatinado do taxista que viola a contramão sinalizada, perde todos os meses uma renda mensal só com essa nossa localização que varia de R$ 600,00 A R$ 1.500,00 gastos unicamente em deslocamento por taxi.

E continuamos usando preferencialmente os préstimos do Taxista Herói do Centro-Sul de BH, famoso taxista, já entrevistado pela Imprensa Mineira mais de uma vez, que já foi inúmeras vezes alvo de assaltantes e reagiu contra todos haha uma vez que também já foi Segurança de Banco, e sabe muito bem como sair de uma situação de apuros, além é claro do fato de que ele obedece a todas as sinalizações! Além disso é pessoa extremamente carismática e uma lição de vida já tendo sido: lavrador, cozinheiro, caminhoneiro, operário da construção civil, operário de mineração, choffeur de família rica (Imagina aí uma limousine subindo na contramão, imaginou? Pois é, não rola, não é mesmo?), e até funcionário de fábrica de uma grife de moda,  para vocês verem como a gente só trabalha com gente chique hahafora o segurança de banco tendo àquela época impedido o assalto ao banco, veja só. Entre outros tantos conhecimentos que valem muito mesmo a companhia quando volta e meia viajamos a municípios distantes de taxi ISSO MESMO QUE VOCÊ LEU …. até 300 kms de distância … a gente só viaja de taxi e só com esse taxi! E na falta dele, só quem ele indicar!

E se você taxista local, não obedece a sinalização de cerca de 30 metros de rua, nós é que não seremos doidos de te testar numa auto-estrada!  Ninguém quer morrer viajando não é mesmo?

Pois bem, boicote é um direito democrático de não usar uma coisa e dizer que não vai usar! Portanto aqui está o motivo do nosso boicote!

Saiba mais em

Boicote, segundo Murray N. Rothbard